Tuesday, May 02, 2006

ROTEIRAMA: LIVE FROM ATOPIA

olá. meu nome é João Carvalho de Nanterre, filósofo em Atopia. sei que você conhece as histórias de Atopia registradas desde a criação das Crônicas Babélicas, algumas décadas após as grandes guerras. Aliás, acredite-me: quase tudo o que elas narram, de uma forma ou de outra se pode dizer que tenham acontecido. é um prazer conhecê-lo, Xantis de Europa. espero poder ajudar na solução dos problemas que o trouxeram aqui.

Thursday, May 20, 2004

Anotações

A análise de relações simétricas

por ex. A = B / saber = poder / homem = mulher

pode nos fornecer parâmetros comparativos para a análise isomórfica e a identificação de identidades formais entre as estruturas dos integrantes da relação dada. Quando os elementos se correspondem (ou seja, naqueles usos de linguagem aceitos como válidos no contexto de enunciação, em que a utilização de qualquer uma das duas expressões possa ser utilizada – “saber/poder”, “homem/mulher” sem mudança perceptível de significação).

A formação de um campo semântico durante a constituição de uma zona de desenvolvimento proximal acontece de forma análoga à do processo geral de enunciação discursiva (que nos enreda das teias (a physis naturae) aos teares (physis ...) das disciplinas), o que por sua vez nos lança aos territórios caóticos da semiose geral e do fainestai.

Daí podermos dizer que o estabelecimento de relações simétricas, a configuração de isomorfias formalmente compatíveis (e, melhor, estrutural e funcionalmente compatíveis) e a possibilidade de recomposição de séries de saberes, de disciplinas e de dados nos permitiria propor

De acordo com a lógica do sentido, o paradoxo é apenas a percepção sobreposta de duas versões alternativas da realidade, o que gera contradição entre as leis básicas da verossimilhança natural (o composto dialógico que cria não apenas as redes discursivas, mas participa ativamente na construção de efeitos de realidade), enquanto a verossimilhança artificial (a compatibilização entre imagens-exemplo e definições ordenadas em feixes disciplinares que abrem campos de problematização onde, antes, havia apenas a percepção e o fluxo de consciência, configurando um espaço caosmótico).

Wednesday, May 12, 2004

Glossário pandoriático (provisório)

CONCEITO = totalidade de atributos caracterizadores de um signo (disponível num contexto).
DEFINIÇÃO = parcialidade de atributos estruturada pela consciência e formalizada pela linguagem.

---------
eu nunca poderei exprimir um conceito, mas posso intuí-lo pelo cruzamento de séries de definições
---------


NOÇÃO = nível de percepção anterior ao estágio da definição. A noção introduz a potência operacional (ter noção de algo nos habilita a pretender manipular esse algo, o que em alguns casos será possível; em outros, não).

Definições e leis do magnetismo metafísico

Imagine que cada ente definível num universo possa ser representado como um imã. Como funciona um ímã? Aparentemente, ele atrai certos entes, repele outros, e, ainda, mostra-se indiferente a outros. Muito já se disse sobre o magnetismo físico, mas muito pouco se havia podido dizer, até agora, sobre o magnetismo metafísico.

Ora, direis, ouvir estrelas. Mas, então, como funcionaria um tal magnetismo metafísico? Primeiro, cheguemos a um acordo, por inicial e provisório que seja, sobre uma expressão tão esdrúxula e ficcional. Magnetismo todos sabemos o que é; as linhas dadas pelo parágrafo anterior não terão sido de difícil compreensão, mesmo para leitores desavisados. Metafísica não. Tem fama de bicho-papão.

De acordo com nossos melhores arquivos e serviços de inteligência, no princípio era a physis. Havia physis quando a consciência humana entrava em contato com a naturezaz, e a achava boa, e a achava bela; e também quando a achava má, e a achava feia. A physis, no fim das contas, era o que brotava no homem quando ele encontrava a natureza: seus odores, pesos, massas, densidades, extensões, volumes, cores. A physis era, finalmente, "a" abstração da natureza.

Mas aí, opa!, se o homem entrava em contato com a physis, onde ele estava, quando não estava com ela? Em que lugar misterioso ia parar o homem, quando saía do mundo físico? Por não saberem como chamar a esse lugar (então) insondável, chamaram-no metá physis, ou seja, o (lugar) além da natureza.

Eu poderia, então, dizer que a matafísica fala sobre um lugar que não é um lugar (ao menos não no sentido em nos acostumamos a definir "lugar"), um mundo que não teria a mesma aparência do mundo natural, mas que, no teatro da consciência, ajudaria a produzir uma infinidade de entidades, às quais os antropólogos vêm, já há um bom tempo, chamando de "cultura".

Utilizando os mais avançados recursos disponíveis no C.A.N.E.T.A., demos início a uma série de investigações sobre as possibilidades de interação entre a física (physis naturae) e a metafísica (physis simbolicae. Como possuem status ontológicos distintos, precisamos recorrer ao L.A.P.I.S. para encontrar e formular representações compatíveis para cada uma dessas dimensões da realidade.

Sunday, May 02, 2004

Sobre o método pandoriático
Nossos leitores vêm manifestando grande interesse em conhecer maiores detalhes das práticas de economia, arquitetura e engenharia simbólica. Fundamentalmente, a pandoríase é uma maneira de formar representações que tornem inteligíveis as relações de trocas simbólicas (entre os próprios símbolos, entre os símbolos e a subjetividade, entre os símbolos e a socialidade e entre o signos e a produção de materialidade).

Não podemos dizer que a pandoríase seja um método científico de análise, não porque lhe falte rigor (a atenção ao detalhe é sua exigência mais fundamental); é que essa maneira de construir representações não apela para as similitudes e ordenações (espaciais, temporais e lógicas) do real a que estamos acostumados, ultrapassando-as em nome de uma representação imaginária muito mais ampla.

Friday, January 16, 2004

Entenda as regras da brincadeira:

Pandoríase(TM) significa o registro de um experimento transgenômico avançado, constituído pela fusão genético-imagética de dois organo-signos heterocontextuais. Estamos fundindo, em nosso Laboratório de Aceleração de Partículas Integradas Sensibilizantes (L.A.P.I.S.), um conjunto de traços identitários extraídos de dois espécimes simbólicos -- "Pandora" (mythós graeciae) "psoríase" (scientia natura) através de uma delicadíssima cirurgia metafórica promovida pela Comissão Avançada de Negociação Epistemológica Trans-Autoral (C.A.N.E.T.A.), parecida com as que usamos no mundo empírico para separar siameses; a diferença é que no mundo simbólico a técnica é invertida e usada para juntar siameses que, até então, não eram siameses.

(Trata-se de uma funcionalidade herdadada de sua ascendência metafísica, que poderia ser mais usada por engenheiros e arquitetos simbólicos; você pode ler mais a respeito dessa e de outras técnicas em nosso Portifólio Especial de Roteadores e Operadores Contextuais Atópicos Observáveis - P.E.R.O.C.A.O. Visite já nossa sede (disponível em breve) e participe de nossas promoções e descontos para associados. Mas corra logo: a promoção só é válida enquanto durarem nossos estoques de subjetividade.)

Neste momento, temos uma cultura de pandoríase em plena fase de formação. Coletaremos suas placas e escamas, à medida que estas se forem desenvolvendo à flor da pele das cobaias e dos voluntários para o projeto-piloto instalado nas dependências do Itext e de instituições coligadas. As placas e escamas serão analisadas e descritas a partir de princípios rigorosamente caóticos, definidos de maneira exata e aproximada.

p.s.: Estamos enviando resultados parciais de nossas pesquisas para os principais centros de estudo do Império já há um bom tempo, podem perguntar a Chewbacca.


Amostras pandoriáticas em análise

"O modelo de dinâmica cultural que será usado em nosso exame da transformação social em curso baseia-se em parte nas idéias de Toynbee sobre ascensão e queda das civilizações; na antiqüíssima noção de de um ritmo universal fundamental, que resulta em padrões culturais flutuantes; na análise de Sorokin da flutuação dos sistemas de valores; e no ideal de transições culturais harmoniosas retratado no I Ching." (Fritjof Capra, O ponto de mutação, p. 31)


+++++++

Realização
Faculdade J.Simões (Orlando)
Gazeta online
VitóriaWeb (Erlon)


Patrocínio
Samarco
Garoto
Aracruz
CST
CVRD



Livrarias
cotas para custeio de lançamentos editoriais e realização de eventos de divulgação

Faculdades
cotas para custeio de publicações e eventos de divulgação nos próprios campi

Escolas de Ensino Médio

Apoio
Ufes
DLL / PPGL / MEL
GPECA

Seces

PMV
Secult


Chats Literários (com webcam?)
individuais
em grupo

Convidados
Douglas
Erly
Orlando
Bith
Rai
Lino
Alex
Mara
Maikel
Ivan
Miguel
Gladson
Benjamin
etc

Divulgação:
Ensino Superior
Professores
Alunos

Ensino Médio
Professores
Alunos

Mídia convencional

++++++++++

fenômeno(evento) =

consciência = fluxo contínuo de percepção

representação(signo) = fluxo descontínuo de percepção

funções sintéticas do signo
descrição(atribuir)
explicação(relacionar)
proposição(convencionar)

problema(forma enunciada)


TELEOLOGIA

A única metafísica (única crença) aceitável em nossa atual

configuração civilizacional (ocidental: a polis, o estado) é a da busca da "harmonia" e do "equilíbrio" (da diminuição da incompletude).

Ela não se confunde com a
noção liberal de
progresso (o caos da
urbanização parecia ser
uma escala em direção ao arranjo "harmônico" de
Utopia);

antes, pode ser encontrada em
todas
as propostas de
unificação e
totalização
(a res publica,
o platonismo,
o monoteísmo,
a ciência)
que se pretendiam a-históricas.

Se conseguirmos entender "harmonia" civilizacional como a interação entre
MTIEs
com o mínimo de
entropia
uma entropia que precisa ser compensada de forma cooperativa

e o máximo de
hipertropia
que se converte em reserva "energética" do
sistema simbólico
se não houver cuidado
(um fluxo mínimo de
energia ativa /
ação simbólica /
investimento ritual)

a hipertropia pode-se transformar em
"burocracia"
img = autofornos de siderúrgicas
eles gastam muita energia para permanecerem funcionais
a partir de um mínimo de entropia: enrijecem e começam a trincar

ex = a burocracia kafkaesca do capital
socialismo
capitalismo
a estrutura
se torna mais forte que o princípio de funcionamento (que é mutante)
não comporta as reorganizações de fluxo
transforma-se em "ruínas"
que se fragmentam
e são reincorporadas


++++++++++++++++


O signo que se propaga(degenera)
se torna identidade (relação de semelhança)



++++++++++++++++++


Pandora - o próprio mito em pandoríase (experimento sistemático e pesquisa exploratória nº 2)

espécime original:
http://www.alexandriavirtual.com.br/acervo/q/Pandora.doc
http://www.alexandriavirtual.com.br/


Primeira fase: estetização e desdobramentos


PANDORA

logo depois de
Prometeu ter
roubado
o fogo sagrado dos deuses

fogo / cru e cozido / energia / ação / transformação / mudança /


para dá-lo à humanidade,
Zeus decidiu
impingir severos castigos
à raça humana,
que culminaram com
a
grande
enchente

Antes da enchente,
porém, sua ira
era
mais branda

(mas ainda
não aplacada)

Zeus ordenou que Hefesto
o deus ferreiro
fabricasse com barro e água um corpo

e que lhe fossem concedidos
força vital e voz

e que esta jovem
virginal
fosse tão linda
quanto as deusas
imortais

(todas as
divindades
lhe concederam
dons especiais)

: e a criatura
recebeu
o nome de Pandora

recebeu
de um a graça
de outro a beleza
de outro a persuasão
a inteligência
a paciência
a meiguice
a habilidade
na dança e
nos trabalhos manuais


Hermes
porém
pôs no seu coração a traição e a mentira

foi enviada a Epimeteu
irmão de Prometeu
juntamente com uma grande arca

(o irmão já lhe havia prevenido
para que não recebesse

nenhum

presente dos deuses

: tentou recusar a oferenda

(contudo,
ao lembrar-se do terrível castigo
imposto pelo rei dos deuses a Prometeu
Epimeteu (cujo nome significa percepção tardia)
apressou-se a desposar Pandora)

)

Prometeu
antes de ser aprisionado no topo da montanha
conseguiu alertar Epimeteu
para que não tocasse na arca
e este transmitiu alerta a Pandora com ameaças assustadoras

porém
Hefesto
criou
Pandora tão bonita quanto fútil e irresponsável


E assim
abriu
a tampa da caixa, pela qual escaparam os males

que Zeus havia recolhido:
a velhice,
o trabalho,
a doença,
a insanidade,
o vício

e a paixão


espalhando-se pela Terra
e contaminando a humanidade

(a esperança
que por algum motivo
fora trancada na arca junto com os males

foi a única que não escapou)



Pandora - o próprio mito em pandoríase (experimento sistemático e pesquisa exploratória nº 3)
Pandora, a Estrela

espécime original:
http://www.alexandriavirtual.com.br/acervo/q/Pandora.doc
http://www.alexandriavirtual.com.br/

A imagem de Pandora
é
o símbolo da esperança

que se encontra
no ser humano
a despeito das frustrações e
dos desapontamentos,
da depressão e
das perdas

que ainda tem forças
para se agarrar ao sentido da vida
e ao futuro
que poderá
superar a
infelicidade
do passado

Pandora não
representa
apenas a convicção nos planos futuros
ou a solução dos problemas individuais

(ela é um aprendizado de paciência
pois a esperança é uma tênue luz
que brilha e nos guia
embora não dissipe
a escuridão da vida

a escuridão
é algo profundo e misterioso
pois parece que
transcende
qualquer
coisa
que a vida nos ofereça
sob a forma de catástrofe


(este
ângulo da
esperança
não tem
nenhuma
ligação com as expectativas programadas

está
na verdade
ligado a este
algo mais
profundo
dentro de nós
que muitas vezes chamamos de: força para viver

e que
a despeito de
ser
uma experiência subjetiva
sem nenhum motivo aparente
quase sempre
mostra
a diferença entre a vida e a morte

ela não
surge
de um ato da vontade

: simplesmente aparece
misteriosamente
dentro de nós

e nos leva a
perceber o
brilho suave de nossa luz

e
então
nossa reação às dificuldades será
radicalmente
alterada.

+++++++++++++++++++++=



Cronograma inicial para o Projeto de Desenvolvimento Local Integrado Sustentável (DLIS) Educaçao-Cultura-Turismo


Guarapari
Região Norte
Perocão
Recuperação paisagística da praia do Boião
Ação comunitária
Santa Mônica
Jabaraí
Setiba
Reserva Paulo Vinhas

Ponta da Fruta
Barro Branco


Região Sul
Meaípe


++++++++++++++++++++
Blogues Informática/Metodologia

How to Choose a Search Engine or Directory
University Libraries at Albany University
State University of New York

Fields & File Types
Search Logic
Search Options
Search Results
Specialty Searches


+++++++++++++++++++

Patrícia,
Posso pedir pra fazer uma editoração especial dos projetos de Letras e História, mais ou menos no formato do "Manual do Professor" que nós temos?
Posso ver com os alunos de Informática, na aula de hoje?



+++++++++++++++++++

Patrícia e Luiz,

por que nós não fazemos as nossas reuniões no

estúdio de rádio e ou com uma câmera?
Tenho certeza de que
a qualidade do áudio vai ficar muito melhor, e
nós ganhamos
agilidade no processo de transcrição, porque o áudio já vai em formato digital para a mão dos estagiários e voluntários.

Depois, podemos ter material para
agilizar a formulação de
artigos,
justificativas e
descrição de procedimentos metodológicos
funcionais e
instrumentais,

que serão necessários para definir as
dinâmicas de formação de grupos de trabalho

docente,
pesquisa
Comissão para formulação do Programa de Planejamento Estratégico da faculdade J.Simões
Comissão para formulação do Programa de Formação Continuada da faculdade J.Simões
Comissão para formulação do Programa Permanente de Avaliação Institucional
Comissão para formulação do Programa de Midiatização da Educação e Formação para a Cidadania
Projetos Integrado de Pesquisa
Formação de Repertório Coletivo e Habilidades operacionais
Tecnologia e cognição

Cibercultura e Cotidiano na Grande Vitória e no interior do Espírito Santo
Estatísticas de disponibilidade de recursos tecnológicos entre

(pode ser feito por alunos que façam opção por trabalhar em
GTs como
"Marketing e realidade socioeconômica do Espírito Santo"
"Empreendedorismo, redes sociais e arranjos produtivos"
"Pedagogia Empresarial, Tecnologia da Informação e Formação de Redes Cooperativas"

redes de produção
econômica
b2b
cadeia turística
Agroturismo
Ecoaventura
Alimentação
Produtos Regionais
Criação de Mariscos
Sururu
Ostra
Aproveitamento de rejeitos da
Pesca e da
Maricultura

Produtos Industrializados


Ação Governamental
Federal
Estadual
Municipal
b2c
c2c

social
p2p
redes de interesses comunitários

subjetiva
redes de interesses pessoais


Arranjos Produtivos para a integração empresa-escola a partir de Tecnologia da Informação
Laboratório de Análise de Ganho de Produtividade Associada À Qualificação Profissional
Encubadora de Soluções Cooperativas Baseadas em Projetos Experimentais
Encubadora de Soluções Cooperativas Baseadas em Prestação de Serviços (Empresa Júnior)

Comissão para formulação do Programa de Midiatização de Empreendimentos Familiares em Contextos Microeconômicos
Midiatização de empreendimentos associativos e cooperativos em contextos econômicos
ensino
extensão

discente
pesquisa
ensino
extensão

técnico-administrativo
pesquisa
ensino
extensão

comunitário
religioso
econômico

+++++++++++++++++++
Wolmar,

Este é um esboço do
Software de indexação pessoal
(árvore de informações do aluno,
instrumento complementar de formação disciplinar e base de conhecimento para alimentar a
rede formadora de uma árvore de conhecimentos)

Acredito que ele pode ser implementado como uma espécie de
open source (podemos convidar grupos externos para colaborar ou mesmo assumir seu desenvolvimento)
licença de uso (assessoria jurídica: Doctum?)
livre para escolas que assinarem acordo de cooperação institucional
livre para microempresas que possuam responsáveis por planejamento estratégico e formação continuada
livre para organizações não-governamentais
livre para pesquisadores acadêmicos e independentes (sem fins lucrativos)

restrições para utilização com fins lucrativos
Royalties / participação em lucros para formação de fundo educacional
Compartilhamento de know-how
Parcerias empresa-escola


Função: auxiliar curiosos, estudantes, estudiosos, técnicos e pesquisadores a visualizar múltiplos níveis de referenciais semânticos, a partir de um sistema multidimensional cujas coordenadas somente podem ser fixadas a partir de um

Procedimento de indexação



exemplos a serem analisados
Search Engine Alternative Maps Results
"Groxis is set to launch the newest version of its desktop software that can retrieve results from multiple search engines and instantly categorize them. A new tie-in for Google and an SDK are next."
"In Version 2, Grokker has its own intelligence engine that analyzes content in order to categorize it on the fly, Pittman said. It also pull search results from significantly more sources of information. Users can retrieve data from six search engines at once; the new version adds Yahoo Search, MSN Search, AltaVista, FAST and WiseNut to the mix."
"[Groxis] plans to start releasing at least one plug-in a week to allow users to tie into more niche-oriented search engines and databases, such as LexisNexis or the Library of Congress, Pittman said."
"For developers, Groxis plans to launch in a week or so a beta version of a software development kit (SDK) that exposes Grokker's APIs for the building of custom connections into other data sources. A full version of the SDK should be released by the end of January, Pittman said."


Meceoo, a new kind of metasearch engine
(January 19 2004)
Metasearch engines are search facilities that combines search results from several search engines. Pandia has, as some reader's will know, its own metasearch engine.
Meceoo is a new metasearch site that adds a few interesting innovations.
First of all, Meceoo allows searchers to define their own "exclusion list". Hence they may ask the metasearch engine to exclude sites that includes specific terms in their domain name.
You may also set up Meceoo in such a way that you search a batch of selected sites only, for instance sites that focus on search engines and search engine marketing.
Behind Meceoo you find people involved in the excellent Abondance site, the French answer to Pandia.
By the way, the name "Meceoo" means "Mais c'est o ?" -- pronounced "meh-seh-ooh" -- which is French for "But where is it?".
Meceoo includes data from AltaVista, AllTheWeb and Inktomi.
Meceoo on the creation and management of an exclusion list
Meceoo on preselected list management






Como criar um algoritmo para
isolar uma categoria (pode ser a partir de uma declaração do usuário? P. ex.: eu estou interessado em "J.Simões", "Guarapari", "DLIS"
e definir categorias que se possam considerar atributos das palavras-chaves primárias
(essas categorias podem ser apresentadas para o usuário a partir de uma lista continuamente produzida por
um outro algoritmo (ou rotina do algoritmo principal, não sei dizer), que propõe sugestões de sínteses esquemáticas baseadas
nos quadros sinóticos das diversas disciplinas que conformam o cânone das ciências humanas, exatas e naturais
(mas utilizando antes dela uma relativização por interposição de contextos

a interposição de contextos pode ser obtida no espaço de coordenadas tridimensionais (x, y, z)
suficiente para criar efeitos de "profundidade" e "intensidade", no momento de gerar um
ambiente gráfico para atender à consulta do usuário (o usuário poderá utilizar várias "esculturas semânticas"
combinando-as
para "abrir" ou "fechar"
os grupos de formas e estruturas


imagino agora a seguinte interface: como no jogo Sims, o usuário define um universo de referências
espaciais
temporais
figurativas


++++++++++++++


midiatização
Adquirir máquina adequada para edição de vídeo digital
Instalar WM Recorder
Organizar equipe de monitoramento de mídia online
professor-tutor, seminário coletivo de avaliação de resultados baseado em fórum/lista de discussão,

em português
inglês
espanhol
francês
italiano
alemão

as equipes podem ser formadas a partir de convêncios insterinstitucionais
da J.Simões com

Ufes
CCHN
Departamento de Línguas e Letras
Departamento de Comunicação

+

Exemplo

Midiatização: na disciplina Informática aplicada à Comunicação

São Paulo
Rádio Eldorado AM estreou programa dedicado à informática

2003-04-28 22:36:57

São Paulo - A Rádio Eldorado AM estreou este fim-de-semana um programa dedicado à informática. A ideia é esclarecer dúvidas aos cibernautas, prestando ao mesmo tempo serviços, com dicas de sites interessantes, entrevistas e muito conversa com os ouvintes. Ainda sem nome definido, serão os ouvintes a baptizar o programa.

«Pelo menos metade do programa vai ser para sanar as dúvidas, enquanto a outra será dividida em quadros», refere Tarcísio de Carvalho, que apresentará o programa com Pierluigi Piazzi, citado pela agência Estado. Esses quadros incluirão intervenções dos ouvintes com sugestões de sites, ideias e dicas para navegar na Internet, comentários sobre endereços interessantes e ainda entrevistas.

Para chegar a todos os ouvintes, os dois apresentadores vão usar uma linguagem acessível e, se for necessário usar termos técnicos estes serão explicados «para que o ouvinte não fique perdido».

O programa, com a duração de uma hora, estará no ar todos os sábados, a partir das 20h00, hora local, com repetição aos domingos, no mesmo horário.

(c) PNN - agencianoticias.com




++++++++++++++

idéias a serem desenvolvidas:
blogumentário
produção midiática autônoma: serve como estratégia para começar a
apresentar,
planejar
contextualizar,
avaliar
promover

rascunhos para documentário em vídeo, a partir do conceito de blogue

blogues para acompanhar "visitas de campo"
release geral
making off ("por dentro da produção")
diário de campo
especializado (professor, tutor, monitores: acompanhamento e avaliação)
projeto original e comentários do autor

cineclube escolar (ver projeto de Maikel)

tv online: TV Pandora
         


+++++++++++++++
Midiateca, kazaa educacional, sistema de indexação (Sistema Pandora)

Produção de "enciclopédia de saberes" Borges

   Cada termo apresentado nas ementas dos
      cursos de graduação
                  de ensino médio
                  de ensino fundamental

   será usado para
                  enquadrar a disciplina no contexto de um campo de conhecimento (os termos da ementa pertencem a algum jargão especializado)
                  conectar a
                        definição ementária da disciplina a um
                        banco de dados geral, composto de informações em
                                 mídia analógica e
                                 mídia digital

+++++++++++++++
somos ocidentais
por isso pensamos (começamos a pensar)
por dualidades: stereo
pra nós
é produto
do contraste

e

mono
               é
sempre
mono
tonia: o chiado
agudo
que dis
torce
e dilui
a presença volupta
da
vida

:

mas a imagem
que nos interessa
não é a que
consegue perceber
o segredo da nossa
verdadeira religião
(a ex machina do sentido
da vida): se um dia
preferimos os fins
aos meios

      (maniqueísmos que maquiam a velha

aí mesmo é que foi
impressa
em nossa alma
a teleologia

e passamos
a fabricar
finita
mas ilimitadamente
descontinuidades


==============


UNIDADE DE PROCESSAMENTO SIMBÓLICO
ESTRUTURA DE COMPOSIÇÃO

CONTEXTO ===> PLANO ==> COORDENADAS SUBJETIVAS
         |
         |      Rede de sentidos / "teia" (Geertz) / interpretação / cognição
         |         processo / condicionamento / "esruturas estruturantes"
         |
        v
OBJETOS ===> PONTO ===> COORDENADAS OBJETIVAS
               Rede de informações / determinação / "estruturas estruturadas"


-----------------


ESTÁGIOS DA COGNIÇÃO
Sensação
      um evento impressiona nossos sentidos
      (todos os entes se afetam, independentemente de sua natureza,
      quando participam de um contexto)

Percepção
      nesse momento, a impressão sensorial começa a ser introduzida
      na consciência

      Apenas os seres vivos podem alterar sua reação ao ambiente,
      buscando, basicamente, a autopreservação e a perpetuação
      de sua identidade (ou seja, a reprodução de alguma(s) da(s)
      formas(s) que os caracterizam

      a autopreservação depende da constituição de um plano dimensional
      que opõe o ente a um outro evento ou a outro ser

Conscientização
      Análise
            a consciência tenta distinguir os atributos de uma impressão
            que um evento deixa na sensibilidade do ser (a análise, então,
            indicará sempre algo a respeito do objeto, mas também poderá
            ser usada para falar a respeito do sujeito; esta talvez seja a
            grande contribuição freudiana: a fundação de um discurso
            que procura objetivar o próprio sujeito, a partir das impressões
            que ele deixa na linguagem)

            A consciência ocidental moderna (objetiva) é a percepção de uma
            entidade no plano bidimensional cartesiano:
                  tempo (parataxe)
                  espaço (sintaxe)

      Representação / Figuração
            A consciência busca estabelecer relações entre os símbolos
            gerados pelo olhar analítico, que configura e associa
            estruturas analíticas
                  (que devem ser entendidas mais formas "livres" (em relação a um contexto marcado)
                  do que como formas "universais" (presentes na totalidade (hipotética) dos contextos existentes)
                                 (somente a dedução pode contar com a totalidade, e mesmo assim
                                 provisoriamente, hipoteticamente)
            a estruturas semânticas/contextuais (famílias de significados): daí surgem os discursos

      Produção de sentido
            As relações simbólicas passam a constituir uma sensação dinâmica
            (compreendida como "dialética" no Ocidente), uma sensação de progressão
            no encadeamento dos signos formados DURANTE o ato cognitivo

                  Sentido moral
                        para-estético / estrutural
                        institucional / estatal
                        individual / ideológico
                        constructo objetivo
                              (a construção de sentido que se põe diante do sujeito
                              mas que não se confunde com ele)

                        mundo "objetivo" da aparência: estrutura
                        : "tudo o que existe, resiste à presença do sujeito e colabora para a formação do ser"
                              ("colabora" não é a mesma coisa que "corrobora")


                  Sentido ético
                        estético ("estético" não é igual a "sensorial"): fluxo

                        mundo "subjetivo" da consciência: processo
                        :"tudo o que insiste e persiste, modificando a aparência e os sentidos do ser"